ÓLEO ESSENCIAL DE ELEMI 10,1ML

Clique no botão ao lado para assistir o video relacionado ao produto.

Assistir Video

ÓLEO ESSENCIAL DE ELEMI 10,1ML

Código: GV4Y3MDWQ Marca:
4x de R$ 21,75
R$ 87,00
Comprar Estoque: 1 dia útil
    • 1x de R$ 87,00 sem juros
    • 2x de R$ 43,50 sem juros
    • 3x de R$ 29,00 sem juros
    • 4x de R$ 21,75 sem juros
    • 5x de R$ 17,66
    • 6x de R$ 14,75
    • 7x de R$ 12,67
    • 8x de R$ 11,12
    • 9x de R$ 9,90
    • 10x de R$ 8,94
    • 11x de R$ 8,14
    • 12x de R$ 7,48
    • 1x de R$ 87,00 sem juros
    • 2x de R$ 43,50 sem juros
    • 3x de R$ 30,38
    • 4x de R$ 23,31
    • 5x de R$ 18,96
    • 6x de R$ 16,02
    • 7x de R$ 13,90
    • 8x de R$ 12,23
    • 9x de R$ 10,94
    • 1x de R$ 87,00 sem juros
    • 2x de R$ 43,50 sem juros
    • 3x de R$ 30,75
    • 4x de R$ 23,39
    • 5x de R$ 18,99
    • 6x de R$ 16,05
    • 7x de R$ 13,95
    • 8x de R$ 12,38
    • 9x de R$ 11,16
    • 10x de R$ 10,19
    • 11x de R$ 9,39
    • 12x de R$ 8,73
  • R$ 87,00 Boleto Bancário
  • R$ 87,00 Entrega
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

ÓLEO ESSENCIAL DE ELEMI 10,1ML

ÓLEO DE ELEMI: A DICA CÍTRICA E PICANTE DOS SARCÓFAGOS, E MUITO MAIS!

Se ao sentir o perfume de incenso de elemi os seus pensamentos remetem apenas aos processos de embalsamamento e sarcófagos enterrados em túmulos antigos, você pode ter razão, mas você certamente está longe de conhecer todos os prazeres deste maravilhoso óleo, com suas notas picantes e cítricas que ele pode trazer para suas fragrâncias. O elemi tem sido usado por civilizações do Oriente durante séculos para pomadas e unguentos, mas foram os antigos egípcios os pioneiros em seu uso no processo de embalsamamento intrincado (junto do âmbar estoraque, terebentina, benjoim e outros materiais) para ajudar os corpos a manter sua secura e frescor ao longo dos séculos.

E seu espírito... Lore quis dizer que o elemi é derivado de um antigo deus tribal Africano cujo nome se traduz como "guardião do espírito!" Foi provavelmente o médico do século XVII, J.J Wecker, que popularizou as propriedades terapêuticas do elemi no Ocidente, contudo, usou-o para tratar também as feridas de soldados. Seu cheiro impactante ajudou a ganhar destaque também por razões estéticas.

O que existe em um nome?

Nem sempre o elemi se destacou como a oleoresina e óleo essencial a que nos referimos hoje quando falamos sobre matérias-primas aromáticas para perfumaria. De acordo com a Enciclopédia Britânica, foi Plínio, o Velho, que referenciou uma medicina estíptica com o nome "enhaemon", que continha "lágrimas" de uma substância vinda da goma da oliveira da Arábia. Depois da Idade Média, a resina da árvore Boswellia frereana, uma variante somaliana (Maydi) do gênero que era usada como incenso, foi referida como elemi. Sua inclusão no incenso Copta, usado pela igreja cristã Copta do Egito, aumentou a confusão causada com o nome, uma vez que o elemi é frequentemente um componente de misturas de incenso. Mais tarde, na Era das Luzes, quando a exploração de novas terras nas Américas ainda acontecia, a resina derivada do gênero Icica do Brasil foi chamada de "elemi".

Patricia Davis, em sua obra "Aromaterapia de A-Z" [Cambridge. A C.W. Daniel Company Limited. 1998], explica melhor quando afirma que talvez a fonte do nome seja uma frase árabe que significa "acima e abaixo" (uma abreviação de "como acima, assim como abaixo") que sugere as conotações espirituais deste, que é considerado um ingrediente sagrado.

Origem botânica

O Elemi surgiu como uma oleoresina, um material maleável colhido da árvore Canarium Commune L. ou Canarium luzonicum nas Filipinas, onde a espécie cresce se forma selvagem, mas também é cultivada. A variedade Manila Canarium ovatum (a noz"pili") é cultivada também por suas propriedades benéficas para a pele. Grandes marcas europeias (entre elas, a Chanel) usam em suas linhas de cuidado para a pele. Manila elemi é na verdade um nome comercial para os extratos fragrantes e suaves obtidos a partir do tronco da espécie de árvore Canarium, que inclui a "pili".

A goma do elemi Canarium luzonicum é utilizada principalmente pela indústria de perfumaria após a destilação de seus óleos essenciais, e embora qualquer pessoa possa comprar rolos de "pulot" (o nome local dado a resina bruta) em pacotes de folhas embrulhadas em Sorsogon, é na verdade em solo europeu, na França, que a goma filipina importada é tratada para se tornar essências industrializadas e oleoresinas.

Método de Extração

A goma é obtida pela exsudação das árvores: quando o tronco das árvores recebe uma incisão, a resina flui por ele formando "gotas", à medida que sai, o líquido se solidifica ao entrar em contato com o ar. As gotas recolhidas são então destiladas a vapor para obter o óleo essencial, ou são tratadas com solventes voláteis para produzir a oleoresina.

Perfil Aromático

Semelhante ao olíbano e ao muhuhu, tanto em termos botânicos como em termos de cheiro, o elemi não possui uma fragrância espessa e profunda como as misturas de âmbar nos condicionaram a esperar que os cheiros de resina tenham. Pelo contrário, o líquido amarelo claro tem uma consistência fina ao invés de espessa, e surpreende com seu cítrico "limpo" aspectos estes que são exóticos, mas refrescantes. Um fato não surpreendente sobre é que limoneno (uma molécula primordial do limão) compreende mais da metade dos constituintes perfumados do material!

O efeito assemelha-se a uma salmoura de aneto, com uma faceta apimentada e semelhante a erva-doce, uma discernível picância cítrica, mas menos azeda do que o esperado dessa referência. Por estas razões, o óleo de elemi combina-se perfeitamente com notas que partilham esta qualidade incomum em seu bouquet, quer sejam materiais classificados como "aromáticos" (como lavanda, sálvia sclarea e alecrim) ou aqueles na categoria de "resinas refrescantes" (como o olíbano, que igualmente compartilha de uma alta nota cítrica, e a mirra). O elemi tem sido usado para prolongar a duração dos produtos cítricos graças à sua maior resistência ao calor.

A oleoresina do elemi tem notas condimentadas, picantes e arbóreas mais pronunciadas, fazendo um ótimo par com pimentas, madeiras (patchouli e vetiver, especialmente) e as chamadas gramas doces, uma vez que o constituinte elemicina está presente também na noz-moscada. O Elemol é a molécula que dá ao Elemi o seu "sabor" mais característico.

O aroma geral de elemi pode ser melhor tipificado em linguagens usadas na perfumaria como "terpênico" (evocando terpenos em sua composição química, especificamente o terpineol e terpinoleno, consequentemente trementina), um aroma tipificado por agulhas de pinheiro fresco, limpo, verde com tons cítricos. Portanto, não é incomum vê-lo em destaque no contexto de composições de "pinho".

O Elemi tem efeito terapêutico sobre a psique, é um edificante e meditativo, trabalhando o equilíbrio, a paz e a serenidade. Devido à sua volatilidade média é geralmente usado como uma nota média.

Os usos do Elemi

Usado para adicionar uma nota fresca aos perfumes lenhosos e picantes, a oleoresina do elemi é um ingrediente tradicional na fabricação de sabão e em numerosas colônias masculinas, enquanto seu óleo essencial é muito útil para massagens, congestão (muco claro) e produtos de fabricação artesanal ou de preparações para a pele, especialmente aqueles feitos para peles maduras ou enrugadas graças à proteína tensina, embora seu consumidor deva ser cauteloso para sempre diluí-lo em um óleo carreador. É também um analgésico, expectorante, tônico e antisséptico. No Extremo Oriente ainda é comum o uso do elemi para tratar a malária.

"A baixa volatilidade e a alta tenacidade em água do óleo destilado do elemi Manila fazem dele um componente adequado para purificadores de ar à base de água e produtos relacionados", diz Irma Palanginan, pesquisadora sênior do Departamento de Ciência e Tecnologia do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos Florestais (DOST-FPRDI). De acordo com Steven D. Garcia, chefe da seção de agronegócios do Escritório do Agricultor Provincial de Sorsogon, um representante da Chanel já perguntou sobre a capacidade da Bicol para fornecer continuamente a resina. Infelizmente, o escritório regional não pode citar um volume.

Produtos relacionados

4x de R$ 21,75
R$ 87,00
Comprar Estoque: 1 dia útil
Pague com
  • PagHiper
  • Mercado Pago
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Marcelo Fonseca Machado 05380292690 - CNPJ: 33.019.397/0001-12 © Todos os direitos reservados. 2020

Contador de 
visitas